Podcast | Problema vs Solução

Como melhorar a visão estratégica do time operacional

Quando rodamos retrospectivas nos times que atuamos, com muita frequência a COMUNICAÇÃO é o principal ofensor. Seja pela falta de liberdade do time para dizer que não vai conseguir entregar alguma etapa do produto; seja pelo não entendimento da demanda proposta pelo PO; ou até aquele membro da equipe que já sabia que iria sair de férias, mas não avisou ninguém.

Pensando nisso, convidamos o Marco Antônio, uma das mentes mais brilhantes quando o assunto é Produto, para um bate-papo sobre como podemos catalisar a visão estratégica num time que não participa das tomadas de decisão e priorização dos projetos, e até que ponto o time operacional precisa participar ativamente da concepção.

Quem vai participar?

Marcel Tonel

Acumulou experiência em projetos na área de construção civil, telecomunicações, automação e robótica, liderando equipes multidisciplinares em todo o Brasil. Nos últimos anos participou de projetos de transformação ágil em grandes empresas. Na Emergee, ele é um de nossos consultores e direciona nossos clientes em ações estratégicas para construção de modelos de agilidade emergentes.

Convidado Especial

Marco Antônio da Silva

Brasileiro, papai de gêmeas, Ana Luiza e Maria Clara de 6 anos e Thiago de 23 anos. Corintiano não ortodoxo, apaixonado por esportes, games, tecnologia da informação e vinhos. Se arrisca na frente da churrasqueira às vezes!

Nós últimos seis anos tem atuado com projetos de transformação digital e transformação ágil, implementando as abordagens emergentes: Design Thinking, User experience, Lean Startup, Agile e OKR nas organizações BRQ, Via Varejo, Canon do Brasil, TOTVS, UOL, 7LM Incorporadora, Banco BV, Ituran do Brasil, entre outras.

Pra quem é?

Este podcast é indicado para qualquer pessoa que tenha interesse em agilidade e não possui nenhum tipo de pré-requisito.

Podcast | Estimativas e Métricas

Vilãs ou Heroínas?

Métricas moldam comportamentos, certo? E estimativas? A técnica dos Story Points é boa ou ruim? O Scrum me obriga a estimar?

Geralmente nossa principal motivação para estimar ou medir nossa capacidade produtiva é a possibilidade de criar projeções de prazos e custos. Esta não é uma tarefa fácil, e por isso diversas técnicas foram criadas ao longo do tempo para tentar viabilizar projeções mais realistas. O problema é que no meio do caminho muitas técnicas acabaram sendo vítimas da sua própria popularidade e começaram a ser aplicadas de uma forma mecânica, sem que as pessoas de fato entendessem o propósito de cada prática.

Por isso, neste episódio falamos um pouco sobre métricas, estimativas, projeções e os principais erros que as pessoas costumam cometer ao trabalhar com cada um destes pontos.

Quem participa?

Mario Melo

Tem mais de 15 anos de experiência como desenvolvedor de software e foi um dos primeiros trainers autorizados pela Scrum Alliance a conceder a certificação Certified Scrum Developer. Como instrutor, tem mais de 20.000 alunos por todo o mundo. Mário é responsável por criar meios para que a Emergee possa continuar disseminando novos conhecimentos de forma inovadora.

 

Convidado Especial

Raphael Albino

Desde 2007 venho desenvolvendo minha experiência lidando com projetos e clientes digitais, processos de negócios, marketing e tecnologia da informação.
Hoje sou Ph.D. candidato pela FEA/USP, onde concluí meu mestrado em Administração e Negócios.
Trabalhei com diversos tipos de projetos, como sistemas de automação de força de vendas, sistemas de integração, soluções de compras eletrônicas e soluções de marketing digital.
Nos últimos cinco anos, tive a oportunidade de ajudar empresas a criar agilidade nos negócios atuando como especialista em agilidade.

 

Para quem é?

Este podcast é voltado para pessoas que estão iniciando no mundo da agilidade ou que pessoas com mais experiência que possuam dúvidas e incômodos com métricas e estimativas.